MT, 20/02/18

5 indícios de quem sofre bullying

MSN NOTICIAS

O bullying é um problema que vem atingindo crianças e jovens em todo o mundo, o assunto está cada vez mais sendo falado, pois grandes tragédias vêm se desdobrando desse problema psicológico e também social. 
As pessoas que geralmente são alvo do bullying, são crianças e jovens mais tímidas, pessoas com alguma doença, obesas, usuárias de óculos, aparelhos dentários ou alguma característica que possa aparentar “estranhamento” ao “buller”, que é aquele que comete o bullying contra a vítima. 
Existem várias maneiras de identificar se uma pessoa está sofrendo bullying, por isso separamos 5 sinais para esse problema ser identificado o quanto antes. Fique atento(a), pois o seu filho(a), amigo(a) ou colega pode estar passando por essa situação e precisa de ajuda. 1 - Falta de interesse pela escola/faculdade/trabalho É muito comum que a pessoa que está sofrendo bullying não queira contato com o agressor, por isso não querem ir estudar ou trabalhar. No caso das crianças, podem fazer birras ou demonstrar pânico para não voltarem ao ambiente escolar. 2 - Isolamento Muitas crianças e jovens que sofrem bullying em algum momento da vida preferem se isolar da família e amigos, geralmente o isolamento acontece em casa e a vitima se recusa a ter uma vida social. 3°As notas escolares ou o rendimento no trabalho pode cair As vítimas de bullying geralmente não conseguem ter uma boa concentração nas aulas ou alguma outra atividade, pois vivem com medo dos próximos ataques. Portanto, é muito comum que as notas das crianças ou jovens que passam por bullying decaiam ao longo do ano. No caso de jovens adultos, o rendimento no trabalho também pode deixar a desejar. 4° Não se valorizam É muito popular pessoas que sofrem bullying ficarem sempre se criticando e achando que são incapazes de realizar qualquer coisa. Isso porque a vítima geralmente se sente insegura, frustrada e com a autoestima abalada. 5° Ataques de fúria e impulsividade As pessoas que passam por problemas de bullyng tendem a demonstrar um comportamento agressivo com a família e amigos. Podem atirar objetos e agridem a si mesmos ou pessoas próximas. Esses sintomas podem identificar que essa pessoa está passando por agressões tanto psicológicas quanto físicas.  É muito importante a família e também amigos estarem sempre atentos à sinais como: choros, tristeza, insônia, roupas rasgadas, falta de apetite, marcas no corpo ou ferimentos. Geralmente é possível identificar pelo menos três sintomas destes em casos de bullying.
Alguns jovens e adolescentes que sofrem bullying começam a consumir álcool e drogas, é uma válvula de escape que encontram para o sofrimento que estão passando. 
A pessoa que constata esses sintomas nas crianças ou jovens, por exemplo, deve procurar conversar para saber como anda a vida escolar, com quem está ficando nos intervalos das aulas, o motivo das notas baixas. Esse processo é muito importante para a confirmação do problema. 
Os pais e familiares de crianças ou jovens que sofrem bullying também precisam ficar atentos nas roupas e ferimentos no corpo, pois, em muitos casos, as vítimas mentem que se machucaram sozinhos ou com amigos. 
Outro passo importante na identificação do bullying infantil ou adolescente é conversar com professores e diretores da escola, isso vai ajudar a identificar o comportamento da vítima e quem são os agressores. A escola tem um papel muito importante nessas questões.
No caso de jovens adultos, como um amigo(a) ou colega do trabalho, por exemplo, é preciso se aproximar sutilmente e tentar conversar sobre o que passa na vida da vítima e, ao identificar o problema, oferecer ajuda. 
Com jovens e crianças, é dever dos pais ou familiares procurarem acompanhamento psicológico o mais breve possível para a vítima. Só assim é possível evitar um problema maior como depressão ou até mesmo uma tragédia.  

Publicidade

Publicidade