MT, 23/10/17

EMMY INTERNACIONAL : A Justiça, Tá no Ar, Velho Chico, Totalmente Demais e Alemão concorrem ao prêmio

GLOBO.COM

Adriana Esteves concorre na categoria de Melhor Atriz da premiação   Por Gshow, Rio de Janeiro 27/09/2017 08h12  Atualizado há 2 horas     Academia Internacional das Artes & Ciências Televisivasdivulgou os concorrentes ao Emmy Internacional nesta quarta-feira, 27/9, e a Globo tem seis indicados em cinco categorias. Adriana Esteves concorre ao prêmio de Melhor Atriz por sua atuação em Justiça. Falando nisso, a minissérie disputa o título de Melhor Série Dramática.   Marcius Melhem e Marcelo Adnet em cena de 'Tá no Ar' (Foto: Paulo Belote/Globo) O Tá no Ar: a TV na TV compete na categoria Melhor Comédia da premiação. Os folhetins não ficaram de fora da lista. Totalmente Demaise Velho Chico concorrem por Melhor Novela. Por fim, Alemão está na disputa pelo prêmio de Melhor Filme / Minissérie para TV.   Marina Ruy Barbosa e Felipe Simas atuaram juntos em 'Totalmente Demais' (Foto: Fábio Rocha/Gshow) Os vencedores serão conhecidos em uma cerimônia de premiação que será realizada dia 20 de novembro, em Nova York, nos Estados Unidos.   A história de Santo e Tereza, de 'Velho Chico', está na lista de indicações (Foto: Felipe Monteiro/Gshow) Confira todos os indicados das categorias que têm talentos da TV Globo: MELHOR ATRIZ: Adriana Esteves (Justiça) - Brasil Anna Friel (Marcella) - Reino Unido Sonja Gerhardt (Ku'damm 56) - Alemanha Thuso Mbedu (Is'thunzi) - África do Sul MELHOR COMÉDIA: Alan Partridge's Scissored Isle - Reino Unido Callboys - Bélgica Rakugo The Movie - Japão Tá No Ar: a TV na TV - Brasil MELHOR SÉRIE DRAMÁTICA: Justiça - Brasil Mammon II - Noruega Moribito: Guardian of the Spirit - Japão Wanted - Austrália MELHOR NOVELA: 30 Vies - Isabelle Cousineau - Canadá Kara Sevda - Turquia Totalmente Demais - Brasil Velho Chico - Brasil MELHOR FILME / MINISSÉRIE PARA TV: Alemão - Brasil Ne m'abandonne pas - França Reg - Reino Unido Tokyo Trial - Japão   Cauã Reymond em cena de 'Alemão' (Foto: Globo/Divulgação)   Reconhecimento Única televisão brasileira a receber o Emmy Internacional, a Globo já acumula 16 prêmios, incluindo o primeiro "Directorate Award", recebido por Roberto Marinho, fundador da Globo, em 1976. O segundo foi conquistado em 1981, com o musical A Arca de Noé. No ano seguinte, foi a vez de Morte e Vida Severina. Roberto Marinho ainda recebeu novamente o prêmio na categoria Direção em 1983. Na estreia da categoria Melhor Novela, em 2009, o Emmy foi para Caminho das Índias, de Gloria Perez. Em 2011, a emissora foi novamente vencedora na categoria Melhor Novela com Laços de Sangue, coprodução com a SIC, exibida em Portugal. No mesmo ano, no Emmy Internacional de Jornalismo, a Globo foi premiada pela cobertura do Jornal Nacional sobre a invasão do Complexo do Alemão, no Rio. Em 2012, duas estatuetas foram conquistadas com as produções O Astrocomo Melhor Novela, e A Mulher Invisível, por Melhor Comédia. No ano seguinte, além do prêmio de Fernanda Montenegro como Melhor Atriz, a Globo levou a estatueta de Melhor Novela com Lado a Lado. Já em 2014, Roberto Irineu Marinho, presidente do Grupo Globo, foi homenageado com o prêmio de Personalidade Mundial da Televisão, por sua liderança da marca Globo, nacional e internacional. No mesmo ano, Joia Rara conquistou o prêmio de Melhor Novela. Em 2015, Impériolevou o prêmio de Melhor Novela, e Doce de Mãe, de Melhor Comédia. No ano passado, Verdades Secretas foi eleita a Melhor Novela.

Publicidade

Publicidade